Mundo rosa

 

 

 

Ela tinha um mundo rosa.
Um mundo que ninguém via, apenas ela.
Apenas ela, porque era só dela.
Um mundo rosa misturado com roxo.
Um mundo rosa com roxo e mais nada.

 

Um dia apareceu um tom de azul.
Azul que assustou o mundo rosa dela.
Azul que machucou o mundo rosa dela.
Azul que fez o mundo rosa dela virar preto, de tanta dor que deixou.

 

O mundo rosa já não era mais rosa,
nem roxo, nem preto, já era cinza.
Cinza porque já estava cicatrizada.

 

Logo seu mundo já era parte do mundo de todos.
Já não era mais rosa, era um arco-íris.
Um arco-íris que todos podiam ver,
já não era mais só ela, eram todos.

 

Era um de cada cor,
Era um, eram dois, eram três.
Todos com cores de uma vez!

 

Texto escrito pela convidada do Quarto Minguante:

Mariana Martins

 

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *