Resposta a Leminski

               “vida e morte                 amor e dúvida                dor e sorte                 quem for louco                   que volte”                                                   (Paulo Leminski) Volte? Pra onde? Pois sou Um louco Sem sorte. Ou será Que tenho? Sou vivo, Louco, Amante. Que só Não morre De dor Por ser Um louco Lúcido.  

Read More

A Procura de um Calmante

  Após a tempestade Vem a calmaria… Depois vem o céu ensolarado, Uma tarde nublada, Um gélido crepúsculo E uma noite quente!   O clima abafado Traz chuva forte na certa! Mas logo o Sol brilhante Revela um arco íris cintilante Ao fundo de uma calorosa garoa Em meio a um vento frio que atordoa. … “A Procura de um Calmante”

Read More

Um Planeta Desconhecido

Fazia uns minutos que Jensen estava olhando para as crianças, esperando que elas fizessem silêncio. Algumas delas perceberam a intenção do rapaz e começaram a se calar e pedir as outras que ficassem quietas também. Todos estavam sentados no chão, em cima de um tapete quente, perto da lareira, por causa do frio que fazia … “Um Planeta Desconhecido”

Read More

Humanamente Nato

Ser para pensar, Pensar para construir, Construir para estar, Estar para existir…   Diálogo e honestidade, Empatia e responsabilidade, Luta e sabedoria, Aprendizado e teimosia…   A complexa indiferença, Uma forte ira, Uma simples mentira, E a completa descrença!   Obviamente duvidoso E claramente esplendoroso, Sentir no olhar de uma criança A real e verdadeira … “Humanamente Nato”

Read More

O Sonho de Eggther

Uma linha tracejada Pronta pra ser costurada Um desenho incompleto A espera de um projeto   Um desejo escondido em segredo No peito e pensamento de Eggther, Heimdall sentia seu ofegar Do outro lado de Bifrost.   O guardião de Jotunheim Pediu conselhos ao mais sábio, Vaftrudener sugeriu degredo Pela troncha proposta que trazia.   … “O Sonho de Eggther”

Read More