Expansão, são, somos

5 de dezembro Água. Quando eu nasci, minha mãe dizia, foi o dia mais longo do ano. Desde então todos os dias o tem sido. Minhas células estão sugando íons de hidrogênio. Permaneci mais de uma hora mergulhado dentro da banheira, até a água esfriar, escutando música e bebendo whisky. De maneira única ali, eu … “Expansão, são, somos”

Read More

Humanamente Nato

Ser para pensar, Pensar para construir, Construir para estar, Estar para existir…   Diálogo e honestidade, Empatia e responsabilidade, Luta e sabedoria, Aprendizado e teimosia…   A complexa indiferença, Uma forte ira, Uma simples mentira, E a completa descrença!   Obviamente duvidoso E claramente esplendoroso, Sentir no olhar de uma criança A real e verdadeira … “Humanamente Nato”

Read More

Ciclo

QUANDO O SEGUNDO SOL APARECE LIBERE NA PAZ FICA, DEIXA E SE LIGA ORIGEM É SABIA MUDANÇAS, SÃO GRAÇAS AJUDAS PRECISAS NO ESPELHO CAMINHOS, TRANSFORMAÇÕES, FLUXOS MUDANDO VIDAS CORRENTES ME OFERECEM ESPAÇO NÓS EM GRITOS EM FRENTES REFLEXOS VIVIDOS EQUILIBRADOS ESBOÇO GANHA VIDA NÃO ENTENDER SURPREENDER SUBVERTER FAZ PARTE NAS LÁGRIMAS SACRIFÍCIO PEDRAS SE MEXEM … “Ciclo”

Read More

Assim vivi e estamos.

            Me renovo a cada dia, de ciclo em ciclo me coloco na luta pela liberdade, fico. Minha vida traz a vida. Meu calor, amor. Minha dança, esperança. A fênix, minha filha. Mulher maravilha. Nesse mundo imundo deles teria uma ilha e melhores seres. Muito obrigada, a inflada aqui, passa … “Assim vivi e estamos.”

Read More

A maldição de Sísifo

  Toca o despertador, lava e enxuga o rosto; banha-se, veste-se, e sai: uma rocha morro acima.   Sai, corre, pega o ônibus. Trabalha, come, trabalha… O ônibus o devolve: uma rocha ainda sobe.   Chega, come, mal descansa. Dorme, dorme, ó pobre Sísifo. Logo há de se erguer o sol e ainda antes, cair … “A maldição de Sísifo”

Read More